Bagagens: o que fazer?

Durante uma viagem de cruzeiro, sempre surgem dúvidas quanto às bagagens, não é mesmo? Nunca sabemos onde deixá-las ou despachá-las. Mas com o “Passo-a-passo da MSC” tudo ficou mais fácil. 
Na hora de viajar de navio, sugerimos aos hóspedes que não levem bagagem em excesso para que elas possam ser bem acomodadas nas cabines e bem transportadas no interior do navio, já que a MSC não se responsabiliza por bagagens danificadas por terem sido despachadas com peso acima do limite – o hóspede com trecho aéreo deverá respeitar as normas das companhias aéreas (o limite médio é de aproximadamente 20kg) – e por danos causados durante o manuseio.


Indicamos ainda sempre levar em uma bagagem pequena de mão uma troca de roupas leves, como sunga, maiô, biquíni. No momento do embarque, a mala passará por um processo alfandegário até chegar ao navio, procedimento que pode demorar.

 

Já para perfumes, cremes e eletrônicos, indicamos sempre que envolvam estes produtos entre casacos e roupas para evitar que haja alguma avaria entre o transporte do Porto para o Navio e vice-versa.

 

Conforme normas internacionais de segurança, é proibido embarcar com utensílios cortantes, armas, entorpecentes, alimentos, bebidas e todo e qualquer material ou objeto que possa oferecer risco à saúde e à segurança dos hóspedes. Se o viajante estiver com algum dos objetos citados, ele será obrigado a se desfazer dos mesmos no terminal, antes do embarque, pois a MSC não se responsabiliza pela custódia desses itens.

 

Além disso, a bagagem deverá portar a etiqueta de identificação da MSC Cruzeiros, que será  enviada juntamente com o voucher, com o nome do hóspede, o porto de origem, a data do cruzeiro, o navio e o número da cabine. Toda bagagem, inclusive a bagagem de mão, estará sujeita a fiscalização.

Somente malas são consideradas bagagens e podem ser despachadas. Esclarecemos que bolsas, sacolas, carrinhos de bebê e quaisquer outros itens pessoais ou frágeis devem ser transportados pelos hóspedes, como bagagem de mão.

 

Outra recomendação é identificar as malas com as etiquetas da MSC, onde deverá conter o número da cabine, último e primeiro nome e telefones para contato. Cada etiqueta possui uma cor específica, que indica a localidade da cabine. Por isso, peça sempre ao seu agente de viagem que confirme os seus dados pessoais no momento da reserva. Além disso, é interessante acrescentar uma fita que seja reconhecida por você e uma segunda etiqueta, assim você evita contratempos e deixa a sua viagem ainda mais tranquila.

 

Em todos os portos, há uma parte para despacho de bagagens e outra para o check-in. Por isso, ao chegar ao porto, procure sempre pela equipe da MSC Cruzeiros para etiquetar as suas bagagens.

 

Mas fique atento ao horário. Como o check-in inicia a partir das 13hs, as bagagens são entregues a partir das 15hs na porta de sua cabine. Caso sua bagagem não chegue até as 17h30, dirija-se até a recepção para averiguar o que houve. Muitas malas perdem a identificação durante o transporte do porto para o navio e, sem as etiquetas, as bagagens ficam alocadas na recepção aguardando que os hóspedes as localizem.

 

Desembarque


 

Na noite anterior ao desembarque, os hóspedes deverão deixar as malas no corredor (do lado de fora da cabine) devidamente etiquetadas e lacradas com cadeado de segurança .Por haver muita semelhança entre malas, a MSC recomenda que o hóspede identifique a bagagem com algum item pessoal, como fitas coloridas, facilitando sua visualização no desembarque.

 

Frasqueiras e objetos considerados frágeis, pessoais e de valor (joias, perfume, dinheiro, máquina fotográfica, filmadora, notebooks, bebidas compradas a bordo, carrinho de bebê, entre outros) devem ser transportados pelo próprio hóspede como bagagem de mão e não devem ser colocadas do lado de fora da cabine.

 

Antes de deixar a cabine, é recomendado que o hóspede verifique se foi esquecido algum bem pessoal nas gavetas, armário, banheiro e cofre, pois a MSC não se responsabiliza por objetos esquecidos a bordo. Após serem cumpridos os trâmites alfandegários, a bagagem será retirada do navio e estará à disposição no salão alfandegário, exceto bagagem de mão.

 

O desembarque será feito assim que toda a bagagem tiver sido retirada do navio, por isso recomendamos que os hóspedes aguardem em uma das áreas abertas do navio ou em um dos salões até que seja feito o anúncio de desembarque através das cores de etiquetas.

 

Ao desembarcar, o hóspede deverá dirigir-se ao salão alfandegário e identificar sua bagagem. Para isso, ele deverá ter em mãos o seu “Cruise Card” para que o funcionário da MSC Cruzeiros possa conferir e liberar a sua bagagem.

Fonte: Você sabe o que fazer com as suas bagagens? MSC – Diário de Bordo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s